Pular para o conteúdo principal

ATRASO DO USCIS NO TRÂMITE DE PROCESSOS DEIXA 2,3 MILHÕES DE SOLICITAÇÕES PENDENTES

A agência, que trabalha com pagamentos do público e não com fundos do Congresso, coloca cada vez mais obstáculos que os advogados chamam de "desnecessários".

O Serviço de Cidadania e Imigração (USCIS) tem em suas mãos um acumulo recorde de 2,3 milhões de casos, mais que o dobro de um ano atrás, embora o recebimento de “papelada” caiu 4% no mesmo período de tempo.

Especialistas e advogados dizem que isso equivale a uma crise no sistema legal de imigração e aponta que isso está tendo um efeito negativo sobre as famílias, as populações vulneráveis ​​e os negócios nos Estados Unidos.

Dois anos atrás, o processamento de uma permissão de trabalho com autoridades dos EUA levava uma média de 2,6 meses e agora esse tempo é de 4,1 meses.

Os casos de naturalização levaram uma média de 5, 6 meses durante o último ano fiscal do governo Obama e esse número quase dobrou, para 10,2 meses, durante o primeiro ano fiscal do governo Trump.

Os casos de vistos para populações vulneráveis, como sobreviventes de abusos e crianças abandonadas (Imigrante Especial), levavam em média 4,8 meses em 2016 e hoje a espera é de mais de um ano.

Os cartões de residência, reagrupamento familiar, autorizações de viagem e cidadania, todos e cada um desses procedimentos está levando mais tempo para o governo de Donald Trump e, de acordo com especialistas em imigração e advogados, há mais incerteza do que nunca sobre o resultado de procedimentos relativamente simples.

Praticamente TODOS os procedimentos de imigração estão atrasados ​​mais em 2018 do que em 2014. Na maioria dos casos, os candidatos esperaram anos para que seu caso fosse adjudicado. Isso adiciona ainda mais tempo a espera de “green card” ou peiddo reunificação familiar.

"Estamos na presença de uma falha enorme no sistema de imigração legal", disse Jason Boyd, assessor legal de politicas da Immigration Lawyers Association, que apresentou os resultados com base em dados oficiais da análise de agências do USCIS.

O número de novas medidas impostas pelo governo de Donald Trump no processamento de residência, cidadania, vistos familiares e outros processos de migração têm alcançado atraso sem precedentes de 2,3 milhões pendencias nos casos de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS).

A razão para este grande número de casos pendentes são justamente esses atrasos que, de acordo com a AILA, "prejudicam famílias, populações vulneráveis, empresas e trabalhadores americanos".

Somente nos dois últimos anos fiscais, a maioria dos quais ocorreu dentro do governo de Trump, o tempo de espera por procedimentos aumentou em 46%. Um ano atrás, havia apenas 1 milhão de casos pendentes e esse número hoje é de 2,3 milhões.

O motivo dos atrasos?

"Estamos vendo diante de nossos olhos como o USCIS se torna um braço da polícia do governo", disse Boyd. "O Congresso criou a agência para prestar um serviço e sua missão está sendo deturpada".

A implementação cumulativa de medidas implementadas pela Casa Branca e pelo Departamento de Segurança Interna (DHS) resultou em procedimentos muito mais complicados do que antes.

O problema se estende a vistos para trabalhadores, assim como vistos de família e outros casos de imigração legal.
A sogra de Pablo González estava entre os sortudos que conseguiram sua residência, mas ela teve que esperar mais do que o habitual.

"Não sabemos exatamente o que aconteceu", disse Gonzalez, um cubano que imigrou há dez anos da ilha e sua esposa dois anos depois. "Felizmente, a residência saiu, mas demorou dois anos."

Para algumas nacionalidades, isso não parece muito tempo, mas os cubanos, a maioria dos quais se beneficiam de curtos prazos de espera através da Lei de Ajuste Cubano (um benefício que outros migrantes não têm), também sofreram, disse o advogado Lin..).

"O que levou 4 ou 5 meses, agora nos toma de 12 a 14 meses e eles nem estão exigindo entrevistas para todos", disse Lin. "Isso complica as coisas porque muitos têm filhos para solicitar, e isso leva muito tempo apenas com a residência. Quando Obama terminou com a política dos “pés secos- pés molhados”, os tempos de processamento não mudaram muito. Mas nos últimos dois anos eles dispararam".

Entrevistas e mais entrevistas

Como parte da ordem executiva "Buy American, hire American", o governo Trump ordenou que toda vez que um estrangeiro com visto de trabalho tivesse que renovar seu visto, ele seria entrevistado pessoalmente em um escritório do USCIS.

Isso nunca aconteceu e contribui para aumentar significativamente a carga de trabalho dos agentes nos escritórios locais do USCIS, disse a advogada Tammy Lin, de San Diego, Califórnia.

"Toda vez que vou a um escritório local do USCIS, as salas de espera estão mais cheias do que nunca", disse Lin. "Os advogados precisam comparecer com mais frequência ou diariamente para entrevistas que afetam seus casos".

Isso não afeta apenas aqueles que pedem um visto de trabalho, mas também todos os outros imigrantes que aguardam outros documentos nos mesmos escritórios.

O advogado de Los Angeles Carl Shusterman disse que os policiais de escritórios locais não são acostumados a decidir sobre vistos de trabalho, que antes se resolviam por correios nos "centros de processamento" e o resultado é que muitos destes agentes "negam ou atrasam os casos, muitas vezes injustamente ".

"Eles estão claramente criando o problema", disse Shusterman. "E o USCIS não recebe dinheiro do governo, só funciona com as taxas pagas pelos requerentes."

Na prática, Lin e outros advogados afirmam que seus clientes enfrentam solicitações incomuns do USCIS. "Uma cliente que é cidadã e veio para os Estados Unidos como refugiada pediu a residência do marido. Ela está prestes a dar à luz seu primeiro filho".

Durante o processo, a agência pediu a seu cliente para justificar seu histórico de viagens desde 2012, o que não tem relevância nesse processo, segundo o advogado.

"Tudo parece indicar que é intencional", acrescentou Lin.

Matthew Maiona, um advogado de Boston, disse que o USCIS está negando casos de maneiras incomuns. "Um dos meus clientes é uma mulher educada no MIT que ganhou na loteria para receber um visto H1B, mas foi negado... as razões que estão dando não fazem nenhum sentido, pedindo 14 páginas de provas e as primeiras seis páginas são  só documentos que já foram enviados ou mencionam pessoas que não têm nada a ver com o caso. Eles pedem documentos de uma coisa e negam por algo diferente.

Shusterman, o advogado de Los Angeles, leva o caso de um engenheiro de sistemas da Índia que tinha anos esperando pela data do seu “green card” e quando chegou a data, o USCIS o colocou dificuldade atrás de dificuldade.

"Primeiro eles questionam outra coisa, nós fornecemos a explicação, a lei e os dados e eles questionam outra, e então eles vão de um para o outro", explica ele. "Este homem teve três empregos na mesma área, ele tem cartas, documentos fiscais, provas e o USCIS está duvidando que ele trabalhasse para quem diz que ele fez isso."

Law Office of Witer DeSiqueira
Fonte: ilw.com

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VISTO PARA TRATAMENTO MÉDICO NOS EUA

10 06 2015 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO PARA OS EUA
P - [FERNANDO]
BOM DIA,
EU E MINHA ESPOSA JA MORAMOS ILEGALMENTE NA FRANÇA E NA INGLATERRA DURANTE 5 ANOS.
EU JA FUI IMPEDIDO DE ENTRAR NA INGLATERRA EM 2003,
E MINHA ESPOSA JA FOI DEPORTADA DA FRANÇA.
GOSTARIA DE SABER SE ISSO AFETA DE FORMA NEGATIVA PARA CONSEGUIRMOS O VISTO DE TURISTA PARA OS EUA ??
SE OS EUA TEM ASCESSO AO NOSSO HISTORICO IMIGRATORIO, EM OUTROS PAISES.
SE TEMOS CHANCE DE CONSEGUIR O VISTO OU SE POR ESTES MOTIVOS ESTAMOS IMPEDIDOS DE CONSEGUIR O VISTO ??
DESDE JA AGRADEÇO. R – [LAW OFFICES OF WITER DESIQUEIRA] Olá Fernando, Obrigada por nos contatar. Não temos conhecimento de que os EUA compartilham informações sobre imigrantes ilegais com a França e a Inglaterra.  Sabemos que isso acontece com Canadá, Bahamas, Panamá, Porto Rico, Austrália e Nova Zelândia. Mas o que poderá aumentar suas chances de conseguir um visto de turista é comprovar renda e vínculos fortes com o Brasil. Mas se sua intenção é imigrar, existem vário…
PERGUNTAS E DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO E VISTOS

COMO TRANSFERIR UM VISTO DE TURISTA PARA O VISTO DE ESTUDANTE? ESTANDO MATRICULADO EM UMA ESCOLA LÁ, FACILITA?R – Se a intenção é ir para estudar o correto é já sair daqui com o Visto de Estudante (F-1). Lá é possível fazer essa alteração de status sim, porém pode ser negado alegando fraude, ou seja, entraram com um visto de turista já com a intenção de ficar. QUAL A BUROCRACIA PARA SE MATRICULAR EM UM COLLEGE?R – Para se matricular num college deve apresentar o certificado e o histórico de conclusão do segundo grau traduzidos por tradutor juramentado, apresentar um sponsor (responsável) que comprove renda suficiente para mantê-lo nos EUA estudando, uma vez que, pela lei americana um estudante só pode trabalhar 20horas por semana. QUAL DOS DOIS É O “MELHOR” VISTO, CASO ENCONTREM A GENTE TRABALHANDO E ESTUDANDO DENTRO DO PAÍS?R – O visto de turista não dá direito nem a estudar, nem a trabalhar. O visto …