Pular para o conteúdo principal

Postagens

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO E VISTOS PARA OS EUA
P - Como o oficial de vistos dos EUA pode saber que se alguém usou o Medicaid?
R - Além das outras respostas, as seções consulares dos EUA no exterior costumam receber cartas e e-mails de hospitais, médicos ou parentes descontentes nos EUA, pedindo que encontrem as pessoas que não pagaram as contas médicas e paguem.
A parte de fazê-los pagar é difícil, mas recusar vistos futuros por causa desse comportamento é muito fácil e é um prazer para os agentes.

P - Como tenho dupla cidadania, o que acontece se eu abandonar minha cidadania nos EUA? Quão fácil é isso? Ainda poderei voltar e viajar?
R - Renunciar à cidadania dos EUA é absolutamente possível, mas você deve perceber que, quando não for mais um cidadão dos EUA, não poderá, por exemplo, voltar imediatamente para casa no Texas ou em qualquer outro lugar e retomar sua vida com um ar de justificação. De repente, você é tão estrangeiro quanto qualquer peruano, indonésio ou russo. Você …
Postagens recentes
MUDANÇAS DO USCIS PARA PEDIDOS DE ASILO
A agência negará a Autorização de Trabalho a seu critério.
O Escritório de Serviços de Cidadania e Imigração (USCIS) promove uma nova regra que busca endurecer o processo de asilo nos Estados Unidos.
A agência dirigida por Ken Cuccinelli declara que o objetivo é "impedir que estrangeiros entrem ilegalmente" no país, além de apresentar proteção "frívola", "fraudulenta" ou "não meritória", o que permitiria bloquear sua solicitação para autorização de emprego (work permit). As solicitações de asilo não são decididas imediatamente, e alguns estrangeiros podem obter permissões de trabalho nesse meio tempo.
“Nosso sistema de imigração está em crise. Estrangeiros ilegais estão brincando com nosso sistema de asilo em busca de oportunidades econômicas ... e isso atrasa a ajuda de requerentes de asilo legítimos que precisam de proteção humanitária”, diz Cuccinelli. "Essas reformas propostas são projetadas para rest…
IMPORTANTES INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA DACA
O programa de ajuda à imigração protege cerca de 700.000 jovens indocumentados da deportação desde 2012.
O programa migratório da DACA (Ação Diferida para Chegadas da Infância) ganhou notoriedade graças a seus beneficiários: jovens indocumentados batizados como “dreamers”, que por mais de dois anos lutaram fortemente com a Administração do Presidente Donald Trump para evitar o encerramento dessa proteção.
1 - Uma iniciativa herdada de Obama Em 15 de junho de 2012, o Presidente Barack Obama (2009-2017) criou o programa DACA para impedir a deportação de milhares de jovens que permaneceram sem documentos.
Para serem beneficiados, os jovens tiveram que provar que haviam chegado aos Estados Unidos antes dos 16 anos de idade, que não tinham antecedentes criminais e estavam no ensino médio ou superior.
2 - Fim do programa DACA Em 5 de setembro de 2017, o governo Trump decidiu encerrar este programa, a ordem entraria em vigor em 5 de março de 2018.
3 …
QUAL O DESTINO DO DACA?
A Suprema Corte começa a decidir sobre se a Administração Trump agiu corretamente na tentativa de encerrar o programa DACA (Programa de Ação Diferida para Chegadas de Infância), que foi anunciado em 2012 pelo Ex-Presidente Obama. Este programa atendia a crianças levadas aos EUA pelos pais e que entraram ilegais ou ficaram ilegais. O programa dava uma proteção à essas crianças e era renovável de 2 anos em 2 anos, que além de impedir a deportação, dava autorizações de trabalho às mesmas. O Tribunal analisará as decisões nas três seguintes decisões do Tribunal de Apelações sobre o DACA:
1.Trump v. NAACP (Tribunal de Apelações dos EUA, Distrito de Columbia) 2.McAleenan v. Vidal (Tribunal de Apelações dos EUA, 2º Circuito) 3.DHS vs. Regentes da Universidade da Califórnia (Tribunal de Apelações dos EUA, 9º Circuito)
Em cada uma das decisões acima, os Tribunais de Apelações dos EUA deixaram o DACA em vigor.

O caso DACA na Suprema Corte pode resultar em um dos três resultado…

SUPREME COURT JULGA A CONTINUIDADE DO DACA

ENTENDA AS MUDANÇAS NO VISTO DE ASILO E NO ENCARGO PÚBLICO

NOVA TAXA DO USCIS PARA VISTOS DE TRABALHO
O custo entrará em vigor no dia 9 de dezembro.
O Escritório de Serviços de Cidadania e Imigração (USCIS) emitiu uma regra final para criar uma nova taxa não reembolsável de US $ 10 para cada petição de visto H-1B apresentada pelos empregadores candidatos.
A disposição entrará em vigor em 9 de dezembro de 2019 e a taxa será exigida ao registrar os pedidos de visto para funcionários especializados com um diploma de bacharel ou pós-graduação.
O USCIS declara que precisa desse valor para cobrir o custo da revisão dos novos registros, adicionando ao preço quando se apresenta o formulário correspondente para solicitar o visto H-1B ou o serviço premium, que aumentou em 30 de outubro para US $ 1.440.
Sob esse tipo de programa de visto, as empresas podem solicitar que estrangeiros trabalhem nos Estados Unidos em áreas especializadas, mas, para cada registro, terão que pagar os US $ 10.
“Após a implementação do sistema de registro eletrônico, os peticio…