Pular para o conteúdo principal
É PERMITIDO IR AOS EUA PARA TER UM BEBÊ, O “TURISMO DO NASCIMENTO”?


Mulheres brasileiras têm viajado até os Estados Unidos para ter bebê em solo americano e, consequentemente, garantir que a criança adquira a cidadania americana. Pela legislação local, qualquer um que nasça lá recebe a cidadania automaticamente, com todos os direitos e deveres. 

Segundo a Embaixada Americana no Brasil, a Lei de Imigração e Nacionalidade dos EUA não contém qualquer inelegibilidade para gravidez ou intenção de ter bebê nos EUA. 

No caso do “turismo do nascimento”, a exigência é que todo solicitante de visto deve demonstrar ao agente consular que não pretende usar o visto de visitante para ficar indefinidamente no país. Também deve comprovar que tem dinheiro e intenção de pagar os custos da viagem, incluindo médicos. Não há dado oficial de brasileiras que vão aos EUA para isso. 

Que tipo de violação uma pessoa cometei quando tem um bebê nos EUA, não paguei as despesas e recebi o pagamento do “Medicaid”? 

Propositalmente, não pagar uma conta legítima não é um "erro". É uma forma de roubo. Obter a “Medicaid” (Programa Federal e Estadual de saúde que oferece cobertura de saúde para pessoas de baixa renda) de emergência para pagar sua conta prova que você planejou esse roubo com antecedência. Dar à luz não é uma emergência - a menos que - totalmente inesperadamente - a vida da mãe ou do bebê esteja em perigo. Mas o fato de você estar em um país estrangeiro implica que você não estava preocupado com isso.
Dar à luz propositalmente nos EUA não é um problema. Mas não pagar a conta é absolutamente um grande problema.
Posso fazer algo para corrigir este erro que me impede de obter outro visto B-1 / B-2?
Embora não exista uma seção específica no INA que lide com isso, há 214 (b) que declara que você só pode se qualificar para um visto dos EUA se convencer um funcionário consular dos EUA de que “tem direito a um status de não imigrante”. Para se qualificar para um status de não imigrante, é necessário que o candidato convença o agente consular de que não irá quebrar (ou dobrar) as leis, o que é bastante improvável devido ao histórico anterior proposital. Qualificar agora é extremamente improvável.
Mesmo se você encontrar uma maneira de pagar / pagar a conta, você só estará fazendo isso para recuperar algo que deseja, sem nenhuma prova de que você não faria isso - ou algo semelhante - novamente. Muitos funcionários consulares dos EUA não lhe concedem outro visto B1 / B2.

Então, o mais correto a fazer é procurar pagar esta conta primeiramente. Esperar um bom tempo, fortalecer seus vínculos com o Brasil e só depois solicitar um novo visto e se for o caso, fazer um processo de Waiver Request (Pedido de Perdão).

Law Offices of Witer DeSiqueira
Colaboração: quora.com / estadao.com.br


OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O FACEBOOK ESTARIA "AJUDANDO" O ICE A RASTREAR IMIGRANTES INDOCUMENTADOS NOS EUA

Relatório revela que a agência de controle de imigração monitora os movimentos dos indocumentados através da rede social As autoridades federais de imigração não só têm o poder de lhe pedir informações sobre sua conta do  Facebook no momento da entrada nos Estados Unidos, mas nos bastidores, tem uma equipe que monitora os movimentos dos indocumentados através da rede. O site Intercept, que em certa época serviu de plataforma para informações divulgadas pelo ex-funcionário da CIA Edward Snowden, revelou que o Serviço de Imigração e Alfândega (ICE) usa dados do Facebook para rastrear e localizar imigrantes indocumentados. O relatório é baseado em e-mails e documentos da agência que mostram o alcance do governo na interceptação de suspeitos. O relatório refere-se ao caso de um imigrante no Novo México, do qual os agentes conseguiram obter dados como: quando acessaram sua conta e os endereços IP onde ini…
10 06 2015 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO PARA OS EUA
P - [FERNANDO]
BOM DIA,
EU E MINHA ESPOSA JA MORAMOS ILEGALMENTE NA FRANÇA E NA INGLATERRA DURANTE 5 ANOS.
EU JA FUI IMPEDIDO DE ENTRAR NA INGLATERRA EM 2003,
E MINHA ESPOSA JA FOI DEPORTADA DA FRANÇA.
GOSTARIA DE SABER SE ISSO AFETA DE FORMA NEGATIVA PARA CONSEGUIRMOS O VISTO DE TURISTA PARA OS EUA ??
SE OS EUA TEM ASCESSO AO NOSSO HISTORICO IMIGRATORIO, EM OUTROS PAISES.
SE TEMOS CHANCE DE CONSEGUIR O VISTO OU SE POR ESTES MOTIVOS ESTAMOS IMPEDIDOS DE CONSEGUIR O VISTO ??
DESDE JA AGRADEÇO. R – [LAW OFFICES OF WITER DESIQUEIRA] Olá Fernando, Obrigada por nos contatar. Não temos conhecimento de que os EUA compartilham informações sobre imigrantes ilegais com a França e a Inglaterra.  Sabemos que isso acontece com Canadá, Bahamas, Panamá, Porto Rico, Austrália e Nova Zelândia. Mas o que poderá aumentar suas chances de conseguir um visto de turista é comprovar renda e vínculos fortes com o Brasil. Mas se sua intenção é imigrar, existem vário…

VISTO H2B - NOVA OPORTUNIDADE DE TRABALHO NOS EUA