Pular para o conteúdo principal

CADEIA HOTELEIRA TRAÍ IMIGRANTES LATINOS COM ICE E AGORA TERÁ QUE PAGAR US $ 7,6 MILHÕES

Motel 6 concorda em compensar os imigrantes entregues ao ICE.

Uma forte condenação foi recebida pela cadeia de hotéis Motel 6 por trair imigrantes latinos com o ICE.

A cadeia nacional terá de pagar US $ 7,6 milhões por uma ação coletiva depois que seus funcionários vazaram informações para o Ecritório de Imigração e Fiscalização Aduaneira, anunciou uma organização de direitos civis latinas.

O Fundo de Defesa Legal Mexicano-Americano (MALDEF), um dos grupos demandantes, anunciou na segunda-feira que o Motel 6 compensará as pessoas que foram interrogadas em suas instalações por agentes da Imigração e depois deportadas.

Os fundos restantes serão destinados a organizações sem fins lucrativos que prestam serviços a imigrantes, disse a organização.

MALDEF entrou com a ação no Tribunal Federal em Phoenix em janeiro deste ano em nome de oito pessoas que foram afetadas em 2017 por essa prática, em duas das instalações do Motel 6 em Phoenix.

Naquele mesmo mês, a Procuradoria Geral do Estado de Washington abriu outro processo contra essa empresa pelas mesmas razões.

O Motel 6 compartilhou listas de pessoas que permaneceram com oficiais da ICE, o que levou à prisão de pelo menos 20 convidados indocumentados em Phoenix.

MALDEF argumentou que por conspirar com ICE, os funcionários da cadeia estadunidense discriminaram hospedes latinos, por isso, a cadeia de hotéis violou o direito à Quarta Emenda para permanecer livre de buscas sem fundamentação e as leis de privacidade e proteção ao consumidor do Arizona.

Ele observou que ainda não está claro quantas pessoas podem receber compensação, mas, de acordo com o acordo anunciado, pode haver muitas.

"O Motel 6 reconhece plenamente a gravidade da situação e aceita a total responsabilidade de compensar aqueles que sofreram danos e tomará as medidas necessárias para garantir a proteção da privacidade dos nossos hóspedes", disse G6 Hospitality e MALDEF ao Phoenix New Times. .

Cada pessoa que se hospedou em um Motel 6 entre 1 de fevereiro de 2017 e 2 de novembro de 2018, cujas informações foram dadas às autoridades de Imigração, receberá uma compensação.

As duas partes propuseram que os fundos remanescentes fossem distribuídos a organizações como o Projeto de Direitos dos Imigrantes e Refugiados de Florence, com sede no Arizona.

Também ao Projeto de Direitos dos Imigrantes do Noroeste de Washington; Centro Nacional de Justiça para Imigrantes e TheDream.US, que concede bolsas universitárias para jovens indocumentados.

Ambas as partes estão aguardando que os termos do acordo sejam aprovados pelo juiz distrital dos Estados Unidos, David G. Campbell.

Law Office of Witer DeSiqueira


OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O FACEBOOK ESTARIA "AJUDANDO" O ICE A RASTREAR IMIGRANTES INDOCUMENTADOS NOS EUA

Relatório revela que a agência de controle de imigração monitora os movimentos dos indocumentados através da rede social As autoridades federais de imigração não só têm o poder de lhe pedir informações sobre sua conta do  Facebook no momento da entrada nos Estados Unidos, mas nos bastidores, tem uma equipe que monitora os movimentos dos indocumentados através da rede. O site Intercept, que em certa época serviu de plataforma para informações divulgadas pelo ex-funcionário da CIA Edward Snowden, revelou que o Serviço de Imigração e Alfândega (ICE) usa dados do Facebook para rastrear e localizar imigrantes indocumentados. O relatório é baseado em e-mails e documentos da agência que mostram o alcance do governo na interceptação de suspeitos. O relatório refere-se ao caso de um imigrante no Novo México, do qual os agentes conseguiram obter dados como: quando acessaram sua conta e os endereços IP onde ini…
10 06 2015 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO PARA OS EUA
P - [FERNANDO]
BOM DIA,
EU E MINHA ESPOSA JA MORAMOS ILEGALMENTE NA FRANÇA E NA INGLATERRA DURANTE 5 ANOS.
EU JA FUI IMPEDIDO DE ENTRAR NA INGLATERRA EM 2003,
E MINHA ESPOSA JA FOI DEPORTADA DA FRANÇA.
GOSTARIA DE SABER SE ISSO AFETA DE FORMA NEGATIVA PARA CONSEGUIRMOS O VISTO DE TURISTA PARA OS EUA ??
SE OS EUA TEM ASCESSO AO NOSSO HISTORICO IMIGRATORIO, EM OUTROS PAISES.
SE TEMOS CHANCE DE CONSEGUIR O VISTO OU SE POR ESTES MOTIVOS ESTAMOS IMPEDIDOS DE CONSEGUIR O VISTO ??
DESDE JA AGRADEÇO. R – [LAW OFFICES OF WITER DESIQUEIRA] Olá Fernando, Obrigada por nos contatar. Não temos conhecimento de que os EUA compartilham informações sobre imigrantes ilegais com a França e a Inglaterra.  Sabemos que isso acontece com Canadá, Bahamas, Panamá, Porto Rico, Austrália e Nova Zelândia. Mas o que poderá aumentar suas chances de conseguir um visto de turista é comprovar renda e vínculos fortes com o Brasil. Mas se sua intenção é imigrar, existem vário…

VISTO H2B - NOVA OPORTUNIDADE DE TRABALHO NOS EUA