Pular para o conteúdo principal

06 09 2016 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO PARA OS ESTADOS UNIDOS

P – [Luana]

Bom dia!
Meu nome é Luana e eu gostaria de tirar algumas dúvidas sobre tirar o visto americano e um orçamento...
Sou portadora do passaporte nº XXXXXXX e, minha irmã, Carolina portadora do passaporte nº XXXXXXX. Residimos na cidade de Americana/SP. Tivemos nosso visto negado 02 (duas) vezes, os agentes consulares alegaram nas 02 (duas) vezes que não tínhamos vínculos suficientes com o Brasil.
Na primeira vez que fomos ao Consulado para a entrevista, no dia 21/07/2015, onde durante a entrevista foram feitas perguntas comuns como para onde gostaríamos de ir? O que fazíamos? Quanto ganhávamos? Entre outras perguntas. Quando me foi perguntado o que fazia respondi que trabalhava em uma loja de artigos esportivos na minha cidade. Minha irmã respondeu que era estudante. Quem pagaria minha viagem seria eu mesma e a viagem da minha irmã seria nosso pai, que hoje é aposentado e possui uma empresa de frios e laticínios junto com nossa mãe. Após alguns minutos digitando, pediu que minha irmã pegasse o telefone, onde foi dada a resposta de que nosso visto havia sido negado. E nos foi entregue a folha rosa onde fala sobre a falta de vínculos com o país de origem. E dois dos vínculos são: trabalho e estudo, motivos que nós duas falamos que tínhamos.
Quando fomos a primeira vez fizemos todo o processo através de uma agencia de viagens que instruiu-nos muito mal, os documentos que levamos apresentavam contradições, mas só pensamos nisso após o ocorrido, estávamos empolgadas para tirar o visto, e o nervosismo acredito que também tenha contribuído para a negação.
Na segunda vez que tivemos o visto negado, no dia 22/02/2016, nos foi perguntado para onde gostaríamos de ir, o que fazíamos e o que nossos pais faziam? Após alguns minutos digitando o agente consular disse novamente que não tínhamos vínculos suficientes com o nosso país, que os Estados Unidos eram muito rígidos, que muitas pessoas da região de Americana estão indo para os Estados Unidos e não estão voltando e que poderíamos tentar novamente em outra oportunidade.
Durante a segunda vez quem preencheu nossos dados foi nosso tio, tínhamos em mão todos os tipos de documentos necessários que pudessem comprovar vinculo com o Brasil como meu trabalho, holerites, extratos bancários da conta-corrente e poupança, minha irmã é estudante e também levou todos os documentos da faculdade, e no papel que o agente consular nos entrega dizendo que o visto foi negado o trabalho ou estuda/faculdade é um tipo de vinculo e mesmo assim tivemos o visto negado. Nem da primeira e nem da segunda vez nos foi pedido qualquer tipo de documento e durante a segunda vez o agente consular disse que muitas pessoas da região onde moramos estão indo para os Estados Unidos.
Gostaria de saber se vocês podem nos ajudar a tirar nosso visto, o que podemos fazer e o orçamento para tal.
Desde já agradeço a atenção de vocês.
Tenho visto de estudante válido e estudei por um ano e acabei ficando grávida e tive que retornar ao Brasil, mas minha filha nasceu nos Estados Unidos. Eu apliquei para voltar a estudar e terminar meu curso, no meu caso minha filha é americana, eu não teria que aplicar nada para ela certo, ela tem a autorização do pai para viajar comigo e os dois passaportes válidos. O agente de imigração poderia me barrar de alguma forma por eu ter o F1 Visa e minha filha ser americana? Obrigada.
 
R – [Law Offices Of Witer DeSiqueira]

Bom dia, Luana!

Somos gratos pelo seu contato!!

Olha, infelizmente o preço que vocês vão pagar por terem sido mal instruídas na primeira aplicação, pode ser muito caro.
Primeiro, só emprego e só trabalho, não são vínculos suficientes para turista, principalmente jovens.
Se houve a negação por falta de vínculos, jamais vocês deveriam ter voltado a aplicar com os mesmos vínculos. É obvio que será negado novamente. E a cada negação, diminui a chance de uma possível aprovação.

Vocês devem fortificar esses vínculos, você que trabalha, matricular-se numa faculdade, abrir uma microempresa, declarar e pagar IR, melhorar salário na carteira, melhorar saldo da conta corrente. E sua irmã que estuda, exatamente a mesma coisa, além de arrumar um emprego ou abrir uma empresa.
Vocês têm o perfil de quem entra como turista e fica, na visão da imigração, entende?

Lembrando que o poder de convencimento dessas situações passam ter  que ser muito grande devido as duas primeira negativas.

Nossos valores para visto de turista é de R$ 1.200,00 por visto + taxas.

Esperamos ter esclarecido algumas de suas dúvidas e nos colocamos ao dispor.

P – [Gustavo]

Estou querendo morar nos EUA, mas quero entrar e trabalhar legalmente por lá. Gostaria de saber tudo para entrar legalmente! Muito obrigado e bom dia.

R – [Law Offices Of Witer DeSiqueira]

Bom dia, Sr. Gustavo!

Somos gratos pelo seu contato!

Os vistos de trabalho foram praticamente extintos para brasileiros, nos EUA. Virou realmente uma loteria. A não ser que você tenha alguma habilidade especial que interesse ao governo americano.

Mas, há formas de imigrar legalmente, por exemplo, abrir uma empresa nos EUA, o que custaria em torno de U$ 25.000 a U$ 50.000.

Em ambos os casos, estamos aptos e temos interesse em lhe atender.

P – [Amanda]

 Prezados Senhores, boa tarde.

R – [Law Offices Of Witer DeSiqueira]

Bom dia, Amanda!

Somos gratos pelo seu contato!

Você ainda está matriculada na instituição de ensino que você estudava? Tem que demonstrar todas essas provas.
Porque você pode ser questionada sobre a instituição de ensino e sobre ter condições de sustentar a você e à sua filha em território americano enquanto estuda.

Esperamos ter sanado algumas de suas dúvidas e continuamos à disposição.



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O FACEBOOK ESTARIA "AJUDANDO" O ICE A RASTREAR IMIGRANTES INDOCUMENTADOS NOS EUA

Relatório revela que a agência de controle de imigração monitora os movimentos dos indocumentados através da rede social As autoridades federais de imigração não só têm o poder de lhe pedir informações sobre sua conta do  Facebook no momento da entrada nos Estados Unidos, mas nos bastidores, tem uma equipe que monitora os movimentos dos indocumentados através da rede. O site Intercept, que em certa época serviu de plataforma para informações divulgadas pelo ex-funcionário da CIA Edward Snowden, revelou que o Serviço de Imigração e Alfândega (ICE) usa dados do Facebook para rastrear e localizar imigrantes indocumentados. O relatório é baseado em e-mails e documentos da agência que mostram o alcance do governo na interceptação de suspeitos. O relatório refere-se ao caso de um imigrante no Novo México, do qual os agentes conseguiram obter dados como: quando acessaram sua conta e os endereços IP onde ini…
10 06 2015 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO PARA OS EUA
P - [FERNANDO]
BOM DIA,
EU E MINHA ESPOSA JA MORAMOS ILEGALMENTE NA FRANÇA E NA INGLATERRA DURANTE 5 ANOS.
EU JA FUI IMPEDIDO DE ENTRAR NA INGLATERRA EM 2003,
E MINHA ESPOSA JA FOI DEPORTADA DA FRANÇA.
GOSTARIA DE SABER SE ISSO AFETA DE FORMA NEGATIVA PARA CONSEGUIRMOS O VISTO DE TURISTA PARA OS EUA ??
SE OS EUA TEM ASCESSO AO NOSSO HISTORICO IMIGRATORIO, EM OUTROS PAISES.
SE TEMOS CHANCE DE CONSEGUIR O VISTO OU SE POR ESTES MOTIVOS ESTAMOS IMPEDIDOS DE CONSEGUIR O VISTO ??
DESDE JA AGRADEÇO. R – [LAW OFFICES OF WITER DESIQUEIRA] Olá Fernando, Obrigada por nos contatar. Não temos conhecimento de que os EUA compartilham informações sobre imigrantes ilegais com a França e a Inglaterra.  Sabemos que isso acontece com Canadá, Bahamas, Panamá, Porto Rico, Austrália e Nova Zelândia. Mas o que poderá aumentar suas chances de conseguir um visto de turista é comprovar renda e vínculos fortes com o Brasil. Mas se sua intenção é imigrar, existem vário…

VISTO H2B - NOVA OPORTUNIDADE DE TRABALHO NOS EUA